Graduação Pós-Graduação Pesquisa Extensão Biblioteca Intercâmbios Comunicação A FFLCH  
Skip to Content

Através da Rótula: Sociedade e Arquitetura Urbana no Brasil, séculos XVII a XX

Paulo César Garcez Marins

 

Imagem

 

As treliças de madeira caracterizaram nossa cena urbana por mais de três séculos. Justapostas às janelas térreas do casario humilde, conferindo mistério aos balcões de sobrados presunçosos, as rótulas velaram o interior das moradias, mediaram sua intimidade. Condenadas nos Oitocentos e paulatinamente banidas de nossas cidades, as treliças reapareceriam no século XX, já reinterpretadas plástica e funcionalmente. Voltaram, em meio à busca de identidade nacional e à valorização de nossa arquitetura colonial, com novo sentido e nomes sofisticados: o velho balcão de rótulas virou muxarabi. O passado foi relido. A disseminação e o desaparecimento daquela guarnição de portas e janelas constituem o objeto deste estudo rigoroso de Paulo César Garcez Marins. Como fontes tudo vasculha, ambíguas posturas municipais, a crônica dos visitantes surpreendidos, vistas panorâmicas ou de ruas. Como tese, contradiz o entendimento costumeiro do papel da rótula como separadora de casas e ruas. Ao invés do “ver sem ser visto”, da cisão consagrada pela historiografia tradicional, surge aqui o artefato que comunica os seres e que une seus espaços.

                     ISBN 85-7506-021-X | 14 x 21 cm | 320 p. |  R$ 24,00